A 19ª fase da operação Lesa Pátria cumpre cinco mandados de prisão nesta quarta-feira (25) de pessoas suspeitas de participarem dos atos de vandalismo em Brasília em 8 de janeiro. A cumpre buscas em endereço ligado a um sobrinho do ex-presidente Jair (PL).

Nesta fase, não há mandados a serem cumpridos em Mato Grosso do Sul. Desta vez, a PF realiza operação em Cuiabá (MT), Cáceres (MT), (SP), São Gonçalo (RJ) e Brasília (DF).

Conforme divulgado pela UOL, além dos mandados de prisão preventiva, há 13 mandados de busca e apreensão contra 12 pessoas investigadas.

Primo de três dos filhos do ex-presidente, Léo Índio é um dos alvos da busca e apreensão da Polícia Federal. Na época dos fatos, ele postou fotos da participação nos atos golpistas de 8 de janeiro.

Crimes

Os alvos da PF são investigados por seis crimes da lei de terrorismo: abolição violenta do Estado Democrático de Direito; golpe de estado; dano qualificado; associação criminosa; incitação ao crime; destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido.

Alguns deles participaram ativamente dos atos de vandalismo e outros são suspeitos de incitar o crime. As informações foram repassadas pela Polícia Federal.

Saiba Mais