O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), teve alta neste domingo, 12, do Sírio-Libanês, em . Ele estava internado no estabelecimento após realizar duas cirurgias de emergência no aparelho digestivo.

Na quinta-feira, 9, o ministro já havia deixado a e sido transferido para um quarto, mas até então sem previsão de alta.

Na ocasião, a assessoria da Corte informou que a recuperação do ministro seguia “dentro do esperado”.

Barroso já havia sido hospitalizado no fim de fevereiro para tratar uma hérnia incisional, resultado de uma cirurgia anterior.

O ministro chegou a participar por videoconferência da sessão plenária de 1º de março. Depois, no entanto, teve dois episódios de obstrução intestinal, que exigiram dois novos procedimentos médicos.

Saiba Mais