O ex-ministro Eliseu Padilha morreu aos 77 anos, na noite desta segunda-feira (13), devido a um câncer no estômago descoberto há um mês. Padilha estava internado em estado grave no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre (RS).

Padilha foi ministro dos Transportes durante o governo de (PSDB), entre 1997 e 2001. Na gestão de Dilma Rousseff (PT), autuou como ministro da Secretaria de Aviação Civil entre 1º de janeiro e 1º de dezembro de 2015.

Também foi ministro da entre maio de 2016 e 1º de janeiro de 2019 na administração de (MDB).

Nascido na cidade de Canela (RS) o ex-ministro deixa a esposa, Simone Camargo, seis filhos e cinco netos.