O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), foi internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Sírio Libanês, em , em decorrência de uma obstrução intestinal.

Segundo nota divulgada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), Barroso passou por cirurgia para o fechamento de uma hérnia incisional, no fim de fevereiro. Depois do procedimento, chegou a participar de uma sessão plenária por videoconferência, em 1º de março, mas logo depois precisou ser operado mais duas vezes devido a três episódios de obstrução intestinal.

De acordo com o Supremo, “a recuperação do ministro segue dentro do esperado”. Ainda segundo o texto, “em breve, ele deve deixar a UTI, onde está para facilitar a observação médica”.

Atualmente, Barroso é vice-presidente do STF, e deve ocupar a presidência da Corte a partir outubro deste ano, quando a atual presidente, ministra Rosa Weber, atinge a de aposentadoria compulsória.

Nascido no e advogado de carreira, o ministro foi indicado para o Supremo pela presidente Dilma Rousseff, em 2013. Ele é também professor titular da Estadual do (Uerj), mesma instituição pela qual se formou doutor em direito público.