Manifestantes dispararam contra equipes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) em um bloqueio na em Novo Progresso (PA). Os policiais tentavam desobstruir a via. O indecente ocorreu na manhã desta segunda-feira (7).

De acordo com o portal UOL, uma pessoa ficou ferida e uma criança passou mal, precisando ser socorrida. Por fim, ela recebeu alta médica e passa bem.

Nas imagens é possível observar duas viaturas da PRF, já danificadas, deixando o local em alta velocidade após os disparos.

Em outra imagem, um homem mostra cerca de sete cápsulas, que teriam sido disparadas contra os agentes.

PRF desbloqueia rodovia em MS

Depois de ficar desde o dia 3 de novembro sem interdições, voltou a registrar bloqueio na manhã desta segunda-feira (7).

Conforme a PRF (Polícia Rodoviária Federal), manifestantes contrários ao resultado das eleições fecharam trecho da BR-158, em Paranaíba.

Apesar da ocupação, os agentes federais liberaram a via pouco tempo depois.

Por fim, os agentes orientaram todos no local sobre decisão da Justiça que proíbe o fechamento das rodovias.

“Trânsito liberado, fluxo do trânsito normal”, informou a PRF após negociação.

Manifestantes realizam Buzinaço na Afonsa Pena

Manifestantes insatisfeitos com o resultado das eleições presidenciais realizaram um buzinaço na Avenida Afonso Pena, em Campo Grande.

O ocorreu na manhã de hoje (7).

Caminhões e carros de passeio foram em direção ao (Comando Militar do Oeste), onde manifestantes concentram atos de protesto há oito dias.

Da mesma forma, dezenas de veículos pesados e de passeio fizeram percurso lento na Afonso Pena e também em outras avenidas da cidade, como a Cônsul Assaf Trad.

Todos seguem em direção à Avenida Duque de Caxias.

Empresários que aderiram a movimento batizado de ‘ geral’ fecharam as portas de seus comércios e incentivam funcionários a ir para as ruas participar dos atos.

Em Mato Grosso do Sul, estabelecimentos de empresários ligados ao agronegócio são maioria no dia sem expediente.

Por outro lado, o Jornal Midiamax percorreu o Centro de e não encontrou lojas fechadas nesta manhã.

Atualmente, além de comércios ligados ao agro, rede de Pax também decidiu aderir ao movimento na Capital.