Novo secretário da Cultura, Mário Frias promete diálogo e perfil ‘discreto’

O novo Secretário Especial de Cultura do governo de Jair Bolsonaro (sem partido) – e ex-astro da nova teen, Malhação -, Mário Frias, disse a aliados ouvidos pela CNN que, diferente de sua antecessora – a também atriz, Regina Duarte -, deve adotar um “perfil discreto” no cargo e “dialogar” com todos os setores da […]
| 22/06/2020
- 16:03
Novo secretário da Cultura, Mário Frias promete diálogo e perfil ‘discreto’
O novo secretário especial da Cultura, Mário Frias. (Foto: divulgação) - O novo secretário especial da Cultura, Mário Frias. (Foto: divulgação)

O novo Secretário Especial de Cultura do governo de Jair Bolsonaro (sem partido) – e ex-astro da nova teen, Malhação -, Mário Frias, disse a aliados ouvidos pela CNN que, diferente de sua antecessora – a também atriz, Regina Duarte -, deve adotar um “perfil discreto” no cargo e “dialogar” com todos os setores da cultura.

Ainda de acordo com a reportagem, o novo secretário de Bolsonaro também prometeu ouvir integrantes da esquerda. Regina foi duramente criticada por ex-colegas da Rede por sua atuação na secretaria especial. Figuras como a atriz Maitê Proença criticaram a falta de ação da então secretária em políticas que atendessem as necessidades da classe artística, que foi fortemente afetada pelos efeitos do isolamento social no combate ao coronavírus.

Assim como Regina, Frias ganhou notoriedade no atual cenário político brasileiro ao apoiar, nas redes sociais, a polêmica condução de Bolsonaro no governo, cujos aliados no Parlamento se vêem às voltas com a Justiça, suspeitos de envolvimento no e disparo de notícias falsas contra políticos e ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

O ator tem ressaltado ainda que quer ajudar a propagar a cultura indígena, embora essa não seja uma atribuição direta de sua pasta.

Veja também

Ministro do Trabalho será entrevistado no Brasil em Pauta

Últimas notícias