O boletim atualizado no início da tarde pelo consórcio de imprensa apontou 57 novos óbitos, totalizando 79.590 vítimas fatais e outras 2.663 casos confirmados que chegaram a 2.102.559 contaminações. O novo boletim foi atualizado às 13h (horário de Brasília).

Os dados foram levantados pelo consórcio que é formado pelos veículos de imprensa O Globo, Extra, G1, Folha de , UOL e O Estado de São Paulo, que reúne informações das secretárias de Saúde.

A divulgação dos boletins estão acontecendo três vezes ao dia, por conta de um inconsistência nos dados apresentados pelo , que é gerido interinamente por Eduardo Pazuello. O próximo boletim será divulgado às 20h.

Os números foram atualizados a partir da divulgação dos dados apresentados pelas secretarias de Saúde do Ceará, Goiás, Roraima, Rio Grande do Norte, , e o Distrito Federal.

De acordo com curva epidemiológica nacional, o número de mortos deve ultrapassar os 80 mil ainda nesta segunda-feira com a última atualização do boletim.