Brasil

Avião de Bolsonaro arremete no MT por baixa visibilidade causada por queimadas

O presidente Jair Bolsonaro, afirmou que o avião onde estava, antes do pouso em Sorriso, Mato Grosso, precisou arremeter por conta da baixa visibilidade causada pelas queimadas na região, nesta sexta-feira (18). Bolsonaro cumpre agenda no Estado em eventos relacionados ao agronegócio. “Aqui quando nosso avião foi pousar hoje ele arremeteu. É a segunda vez […]

Agência Estado Publicado em 18/09/2020, às 14h02 - Atualizado às 14h08

Segundo Bolsonaro, visibilizada estava baixa. (Foto: Divulgação - Fab)
Segundo Bolsonaro, visibilizada estava baixa. (Foto: Divulgação - Fab) - Segundo Bolsonaro, visibilizada estava baixa. (Foto: Divulgação - Fab)
O presidente Jair Bolsonaro, afirmou que o avião onde estava, antes do pouso em Sorriso, Mato Grosso, precisou arremeter por conta da baixa visibilidade causada pelas queimadas na região, nesta sexta-feira (18). Bolsonaro cumpre agenda no Estado em eventos relacionados ao agronegócio.

“Aqui quando nosso avião foi pousar hoje ele arremeteu. É a segunda vez que acontece na minha vida. Uma vez foi no Rio de Janeiro. Obviamente, é sempre algo anormal de estar acontecendo. No caso, é que a visibilidade não estava muito boa. Para nossa felicidade, na segunda vez, conseguimos pousar”, disse o presidente durante pronunciamento.

Na quinta-feira, dia 18, Bolsonaro disse que o Brasil está de “parabéns” na maneira como preserva o meio ambiente. Já nesta sexta, após o incidente com a aeronave, o presidente amenizou os elogios e reconheceu que “alguns focos de incêndio estão acontecendo pelo Brasil, isso acontece ao longo de anos e temos sofrido crítica muito grande”.

Jornal Midiamax