MASSACRE EM SUZANO: Enquanto país está em luto, membros de fóruns de ódio comemoram ataque

Nos ‘chans’ brasileiros (fóruns de acesso restrito), os atiradores Guilherme Monteiro, de 17 anos e Luiz Henrique de Castro, de 25 anos, que mataram 10 pessoas e deixaram 9 feridas na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP), receberam o status de heróis brasileiros de ódio. De acordo com o Canal Vice, nos fóruns 55chan […]
| 13/03/2019
- 18:54
MASSACRE EM SUZANO: Enquanto país está em luto, membros de fóruns de ódio comemoram ataque

Nos ‘chans’ brasileiros (fóruns de acesso restrito), os atiradores Guilherme Monteiro, de 17 anos e Luiz Henrique de Castro, de 25 anos, que mataram 10 pessoas e deixaram 9 feridas na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP), receberam o status de heróis brasileiros de ódio.

De acordo com o Canal Vice, nos fóruns 55chan e Dogolachan, conhecidos por criarem conteúdos de ódio contra todo tipo de minoria, os participantes especulam se os rapazes frequentavam os sites. Nas publicações, os ‘chaneros’ lamentam que a dupla não tenha conseguido ultrapassar o Massacre de Realengo, em 2011, quando Wellington Menezes de Oliveira, matou 12 crianças e cometeu suicídio.

MASSACRE EM SUZANO: Enquanto país está em luto, membros de fóruns de ódio comemoram ataque
Comentário sobre vídeo em que vítimas aparecem mortas (Foto: Reprodução/Canal Vice)
MASSACRE EM SUZANO: Enquanto país está em luto, membros de fóruns de ódio comemoram ataque
Publicação em chans (rede paralela) após massacre em escola Foto: (Reprodução/Canal Vice)

Como os chans fazem parte de uma rede paralela e difícil de rastrear, quem participa acaba protegido pelo anonimato. Ainda segundo o Vice, há alguns dias um usuário pediu ajuda perguntando sobre diários dos atiradores de Columbine, em 1999 [os atiradores teriam se inspirado nesse massacre]. Nos fóruns, algumas postagens ironizam o massacre desta quarta-feira e os participantes comemoram o ocorrido.

Veja também

Declaração foi dada por Lula em um evento em Fortaleza, no Ceará, no final do mês passado

Últimas notícias