Apesar de não ter sido encontrado até o momento, a Polícia Civil descobriu que o celular do pastor Anderson do Carmo foi usado horas depois de ele ter sido assassinado em casa. O pastor é marido da deputada federal Flordelis e foi morto no dia 16 de junho e os filhos do casal são investigados pelo crime.

Celular do marido de Flordelis foi usado horas após assassinato, diz políciaSegundo investigações da polícia apuradas pelo G1, o celular do pastor enviou mensagens para grupos de amigos entre 9h e 10h, mas ele teria sido morto às 4h. Na mensagem, o assassino se identifica como filho do pastor e diz que as informações sobre a morte são verdadeiras. Ele ainda pede orações.

Pelo menos 20 celulares de filhos estão apreendidos e passarão por perícia. O casal tinha 55 filhos, sendo que quatro são biológicos. Dois filhos do casal, Flávio e Lucas dos Santos seguem presos. Nesta terça-feira (25), a defesa dos suspeitos disse que eles não fossem transferidos para uma cadeia, iria entrar com um pedido na justiça e acionaria os direitos humanos.