Motociclista é flagrado pela PRF a 236 km/h na BR-060

Uma moto foi flagrada dirigindo a 236 km/h na BR-060 na manhã de domingo (20), no Distrito Federal. No trecho onde o máximo permitido é 110 km/h, o veículo, modelo Honda CBR 1000, alcançou a maior velocidade registrada em 2018 na via até o momento, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Com toda essa rapidez, […]
| 22/05/2018
- 00:54
Motociclista é flagrado pela PRF a 236 km/h na BR-060

Uma moto foi flagrada dirigindo a 236 km/h na BR-060 na manhã de domingo (20), no Distrito Federal. No trecho onde o máximo permitido é 110 km/h, o veículo, modelo Honda CBR 1000, alcançou a maior velocidade registrada em 2018 na via até o momento, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Com toda essa rapidez, segundo a PRF, a moto não consegue frear bruscamente, “causando, quase sempre, um acidente grave”. O flagrante ocorreu na Operação Valentino, deflagrada no trecho do Distrito Federal e de Goiás, até a altura de Alexânia (GO). O objetivo era o de evitar a ocorrência de incidentes perigosos e coibir infrações cometidas por motoristas que usam a rodovia no fim de semana de maneira imprudente, de acordo a corporação.

Na via, foram flagrados 947 veículos trafegando acima de velocidade nos trechos em que a máxima permitida é de 80 km/h e 110 km/h. Um Golf branco com placa do Distrito Federal foi o carro mais rápido encontrado pela PRF: ele estava a 203 km/h. O condutor foi abordado, assinou um termo circunstanciado e deve comparecer à Justiça.

A Operação Valentino resultou na aplicação de 1.161 infrações de trânsito; recolhimento de 36 documentos de CNH e CRLVs; e 16 veículos apreendidos, levados ao pátio da PRF para regularização.

As blitz fiscalizaram 381 veículos; 450 condutores foram parados; e 96 motoristas se submeteram ao teste de bafômetro. As abordagens resultaram em 214 infrações de trânsito — três foram por ingestão de bebida alcoólica. Além disso, uma pessoa acabou presa por haver um mandado de prisão em aberto contra ela.

 

Metrópoles

 

 

 

Veja também

Os investimentos das prestadoras em telecomunicações somaram R$ 8,3 bilhões no primeiro trimestre de 2022,...

Últimas notícias