Minuto de silêncio marca 10 anos de morte de Jean Charles

Primos de eletricista morto por engano pela polícia participaram de homenagem na estação de metrô de Stockwell
| 22/07/2015
- 17:39
Minuto de silêncio marca 10 anos de morte de Jean Charles

Primos de eletricista morto por engano pela polícia participaram de na estação de metrô de Stockwell

Os primos do eletricista Jean Charles de Menezes, que foi morto por engano pela polícia britânica em 2005, marcaram os dez anos de sua morte em frente à estação de metrô de Stockwell, no sul de Londres. 

 Depois de respeitarem um minuto de silêncio, os parentes de Jean Charles ouviram palavras de conforto de um pastor e a interpretação de uma canção inspirada no brasileiro.

Em entrevista aos jornalistas presentes, o primo Alessandro Alves Pereira afirmou que a família ainda busca Justiça.

Até hoje, nenhum dos envolvidos na sequência de erros que culminou com a morte de Jean Charles dentro de um vagão de metrô foi processado criminalmente.

“Quem sabe um dia nós vamos ter este alívio”, afirmou.

Veja também

A Polícia Federal também foi acionada para acompanhar o desembarque pela porta traseira do avião

Últimas notícias