Variedades / Veículos

Honda confirma 8ª morte ligada a falha em airbags da Takata

Mulher de 26 anos morreu em acidente com um Civic alugado

Clayton Neves Publicado em 22/06/2015, às 19h44

None
4387437-airbags-1.jpg

Mulher de 26 anos morreu em acidente com um Civic alugado

A Honda confirmou na sexta-feira (19) mais uma morte associada à falha nos airbags da fabricante japonesa Takata. Esta é a 8ª morte causada por estilhaços de metal disparados junto a abertura da bolsa inflável de segurança – um problema que afeta mais de 30 milhões de automóveis no mundo inteiro.

Segundo agências de notícias, Jewel Brangman, de 26 anos, alugou um HondaCivic, modelo 2001, em agosto de 2014 e morreu em um acidente com ferimentos no pescoço e na cabeça.

A Honda e a agência de segurança viária dos Estados Unidos disseram que a fatalidade foi provocada pelo airbag defeituoso. É o 7º caso de morte registrado nos EUA e o 8º no mundo, incluindo uma mulher na Malásia.

A fabricante afirma que o modelo foi chamado 4 vezes para recall desde 2009, a última em 2013, mas os proprietários não levaram o carro para o reparo. A locadora comprou o carro em um leilão no ano passado.

Alexander Brangman, pai da vítima, entrou com um processo contra a Honda, a Takata e a locadora de veículos Sunset, de San Diego, na Califórnia, de acordo com a Associated Press (AP).

Honda e Takata ofereceram condolências à família e pediram para que os proprietários levem os carros afetados para conserto o mais rápido possível.

A agência de segurança viária dos EUA quer proibir venda ou locação de carros que tenham convocações não atendidas de recall.

Brasil

O maior recall da história afeta também modelos em circulação no Brasil. Os chamados começaram em 2013, alguns foram ampliados em 2014 e em 2015, mas não há registros de acidentes. Os últimos chamados foram feitos em maio, por Toyota, Nissan e Honda.

A Toyota convocou mais proprietários do Corolla (versões XEI e SEG), fabricado entre dezembro de 2003 e março de 2007, e do Fielder, feito em abril de 2004 e março de 2007.

Além disso, os utilitários Hilux, SW4 e RAV4 também foram chamados, totalizando 128.615 unidades dos 5 modelos.

A Nissan chamou mais 75 donos do utilitário esportivo Pathfinder, produzidos no Japão em 2003. A Honda anunciou recall para 290.361 unidades dos modelos Fit, Civic e CR-V, com ano-modelo variando entre 2004 e 2009.

Jornal Midiamax