GM anuncia produção de 6 novos modelos no Brasil a partir de 2019

Montadora vai desenvolver família de carros compactos
| 28/07/2015
- 21:56
GM anuncia produção de 6 novos modelos no Brasil a partir de 2019

Montadora vai desenvolver família de carros compactos

A GM anunciou um investimento de US$ 5 bilhões (R$ 13 bilhões) nos próximos anos para desenvolver uma família de carros compactos baseados em uma nova plataforma. Prometendo mais conectividade e uma linha de motores completamente nova, os próximos modelos da Chevrolet serão lançados no Brasil e também em outros mercados emergentes a partir de 2019.

De acordo com Dan Ammann, presidente da GM, a nova plataforma e os motores estão sendo desenvolvidos em conjunto pela GM e sua parceira chinesa SAIC. Os primeiros carros devem ser sair da linha de produção por volta de 2019 com expectativa de ampliar as vendas do grupo em 2 milhões de unidades anuais.

Nova plataforma, novos modelos, novos motores

Esta nova arquitetura da GM pretende substituir diversas linhas de produtos ao redor do mundo. O chefão disse ainda que o resultado do projeto é uma “consolidação” de plataformas, que deve permitir ao grupo produzir toda a sua gama de modelos a partir de apenas 4 bases até 2025 – atualmente, 75% dos modelos são feitos em 14 arquiteturas diferentes.

Ao todo, serão seis novos modelos, que vão renovar a linha atual e também permitir à marca atuar em novos segmentos. Também está no projeto a modernização das fábricas e uma nova família de motores e transmissões com mais tecnologia e foco na eficiência e redução do consumo.

Brasil

No evento realizado em São Paulo (SP) nesta terça-feira (28), que contou com a presença do presidente mundial da GM, Dan Ammann, Jaime Ardila, presidente da GM América do Sul e Santiago Chamorro, presidente da GM do Brasil foi destacado que com este novo plano o Brasil ganha espaço como um dos pilares do grupo. Serão 6,5 bilhões que se somarão aos R$ 6,5 bilhões já confirmados no ano passado, ou seja, a marca vai dobrar o capital investido no país nos próximos quatro anos.

Veja também

Não é surpresa para ninguém que 2021 teve incremento de preços nos produtos e serviços...

Últimas notícias