Notificações da doença só têm aumentado no Estado: já são 7.177 no ano

E a dengue segue atacando em Mato Grosso do Sul. Boletim epidemiológico da SES (Secretaria Estadual de Saúde) divulgado nesta sexta-feira (20) revela crescimento na média de casos por dia e do número de municípios com risco de epidemia.

Do dia 11 até o dia 18 foram registrados mais 1.324 casos, chegando a 7.177 no ano. Ou seja, na última semana, a média foi de 189 casos de dengue por dia no Estado. Além disso, outro salto ocorrido na semana foi no número de municípios com risco de epidemia: de 29 para 39.

Estão com alto risco de epidemia: Iguatemi, Selvíra, Itaquiraí, Sete Quedas, Sonoras, Paranhos, São Gabriel do Oeste, Eldorado, Brasilândia, Naviraí, Amambaí, Douradina, Água Clara, Aral Moreira, Chapadão do Sul, Japorã, Tacuru, Costa Rica, Três Lagoas e Laguna Carapã.

Completam a lista, em estado de alerta, Inocência, Nova Andradina, Alcinópolis, Aparecida do Taboado, Coronel Sapucaia, Paranaíba, Campo Grande, Bandeirantes, Antônio João, Rio Negro, Pedro Gomes, Guia Lopes da Laguna, Ivinhema, Bonito, Corumbá, Ribas do Rio Pardo, Jardim, Itaporã e Mundo Novo.

Campo Grande

Na Capital, foram registrados 334 casos nos últimos sete dias, chegando à média de 47 por dia. Já são 1.290 notificações de Campo Grande em 2015.

Óbitos

Segundo a SES, já foram confirmadas duas mortes por dengue no Estado, uma em Corumbá e outra em Paranhos.