A proposta foi aceita em  

 

 

Os médicos de Campo Grande aceitaram a proposta encaminhada pela prefeitura, e os cerca de 1,4 mil médicos já podem retornar ao atendimento normal na rede municipal de saúde já nesta quinta-feira (28), após 13 dias de greve. A proposta foi aceita em assembleia realizada no Sinmed-MS nesta quarta-feira (27).

 “O departamento jurídico do Sinmed-MS e da prefeitura se reunirão para redação final do acordo. Após a assinatura os médicos voltam imediatamente às atividades”, disse o presidente do Sinmed-MS, Valdir Siroma.

O sindicato reforça que um dos pontos importantes estabelecido é garantir as frentes de trabalho dos médicos, sem redução dos plantões nas escalas existentes e com o preenchimento das escalas em aberto. “A população não pode mais sofrer com a falta de profissionais nas unidades de saúde, por isso estaremos sempre cobrando do gestor”, diz Siroma.

Para a volta imediata dos médicos, a prefeitura fará o cancelamento do processo e perdão da multa, sem qualquer exoneração de médicos concursados e contratados por motivo da greve. Não haverá ainda desconto dos dias da , com o pagamento da produtividade destes dias. Outro item acordado foi o retorno pleno de todas as gratificações inclusive as que estão em atraso. O será discutido a partir do mês de agosto.

Saiba Mais