Média da semana é de 178 casos por dia no Estado

Mais da metade dos municípios de Mato Grosso do Sul correm risco de epidemia de dengue. A informação foi revelada após divulgação de boletim epidemiológico da SES (Secretaria Estadual de Saúde) nesta quinta-feira (26).

Nos últimos sete dias foram registrados 1.247 casos de dengue em todo o Estado, atingindo média de 178 por dia. O aumento fez com que o numero de notificações no ano chegasse a 8.424. Agora, 47 municípios (60%) estão ou em estado de alerta ou com alto risco de epidemia.

Iguatemi, Selvíria, Itaquiraí, Sete Quedas, Sonora, Paranhos, Eldorado, Douradina, São Gabriel do Oeste, Japorã, Brasilândia, Naviraí, Amambaí, Tacuru, Inocência, Aral Moreira, Água Clara, Chapadão do Sul, Costa Rica, Alcinópolis, Três Lagoas, Laguna Carapã, Aparecida do Taboado e Nova Andradina são os municípios com alto risco de epidemia.

Paranaíba, Coronel Sapucaia, Itaporã, Campo Grande, Antônio João, Pedro Gomes, Rio Negro, Santa Rita do Pardo, Bandeirantes, Ribas do Rio Pardo, Guia Lopes da Laguna, Ivinhema, Corumbá, Bonito, Ladário, Rochedo, Juti, Jardim, Glória de Dourados, Mundo Novo, Jaraguari, Bataguassu e Cassilândia completam a lista, em estado de alerta.

Já foram registradas duas mortes causadas pela dengue este ano em Mato Grosso do Sul: uma em Corumbá e outra em Paranhos.