Sem Categoria

PMA autua arrendatário de fazenda em R$ 7,5 mil por drenagem ilegal de córrego

Policiais Militares Ambientais multaram um proprietário rural de Bela Vista, 324 quilômetros de Campo Grande, por fazer uma drenagem ilegal junto ao córrego Azul em Bela Vista, 324 quilômetros de Campo Grande. O autor é arrendatário da propriedade rural conhecida como Aporé, distante a 60 km da cidade. O arrendatário de uma fazenda realizou a […]

Arquivo Publicado em 01/10/2014, às 23h55

None
333120502.jpg

Policiais Militares Ambientais multaram um proprietário rural de Bela Vista, 324 quilômetros de Campo Grande, por fazer uma drenagem ilegal junto ao córrego Azul em Bela Vista, 324 quilômetros de Campo Grande.

O autor é arrendatário da propriedade rural conhecida como Aporé, distante a 60 km da cidade. O arrendatário de uma fazenda realizou a construção de valetas para drenagem das várzeas na propriedade, sem autorização ambiental.

Ele tinha apenas uma declaração eletrônica efetuada no site do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (IMASUL) para a limpeza de drenos existentes, porém, além de construir mais canais, ainda aprofundou, aumentou a largura dos existentes e construiu novos buracos.

Os sedimentos dos canais estão causando assoreamento do córrego Azul, existente na propriedade.

O infrator, de 49 anos, foi autuado administrativamente e multado em R$ 7.500,00. As atividades foram paralisadas e o autuado foi notificado a apresentar Prad (Plano de Recuperação da Área Degradada), junto ao órgão ambiental. Pelo crime cometido, o infrator também poderá pegar pena de prisão de três meses a ano de detenção.

Jornal Midiamax