Sem Categoria

Governo do Estado anula resultado de concurso da PGE que teve envelope violado

Comissão vai se reunir até o dia 6 de fevereiro para definir aprovados

Midiamax Publicado em 31/12/2014, às 18h03

None
concurso-publico.jpg

Comissão vai se reunir até o dia 6 de fevereiro para definir aprovados

O governo do Estado anulou dois editais do concurso da Procuradoria Geral do Estado que traziam os resultados das provas de múltipla escolha e teórica e escrita. O concurso teve problema no dia da prova quando um dos envelopes que continha provas estava violado.

A anulação foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (31). Segundo a publicação, além de anular os editais 14, 16 e 18 também informou que a comissão organizadora vai se reunir até o dia 6 de fevereiro do próximo ano para “para fixar a lista de candidatos aprovados na prova preambular do Concurso, estabelecer o cronograma de realização das provas escritas (teórica e práticas) e adotar os demais procedimentos necessários à continuidade do certame”.

Este concurso apresentou diversos problemas. Primeiro uma integrante da comissão teve de ser afastada porque tinha um parente concorrendo a uma das vagas. Depois, no dia prova um envelope onde estavam as provas da sala 25 da UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) estava rompido.

Na época, o órgão descartou fraude e garantiu que o processo de seleção estava mantido. Havia uma abertura de cerca de dez centímetros na parte inferior do envelope, similar aos usados pelo Sedex, serviço de envio de encomendas dos Correios. Por isso, foi cogitado de recorrer aos Correios.

Depois de análise, o presidente da comissão, o procurador-geral adjunto da PGE, José Barcello de Lima, garantiu que não houve vazamento de informações. Segundo ele, o problema pode ter ocorrido no manuseio e transporte dos envelopes e por uma eventual falha no compartimento.

No dia 12 de dezembro foi publicado o Decreto nº 14.098/2014 que autorizou a retomada do XII Concurso Público de Provas e Títulos da PGE/MS, para ingresso no cargo inicial da carreira de Procurador do Estado. Na mesma publicação anulou a ampliação de vagas, permanecendo a seleção com nove vagas.

O concurso, para preencher nove vagas na PGE, teve 1528 inscritos. O interesse pela seleção pode ser atribuído ao salário inicial de R$ 20.848,86. A SAD (Secretaria Estadual de Administração) aplicou as provas. 

Jornal Midiamax