A prefeitura de Sonora, município a 361 quilômetros de Campo Grande, alterou contrato n° 168/2022 com empresa responsável por obras na cidade. Com o reequilíbrio, os serviços chegam ao custo de R$ 2,7 milhões.

Conforme informações divulgadas no Diário Oficial da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), o valor acrescido ao termo de serviços foi de R$ 33.242,64, saltando de R$ 2.763.433,73 para R$ 2.796.676,39.

Essa já é a 6ª vez que o contrato é aditivado desde que foi firmado em 2022. As informações podem ser conferidas na página 326 da edição da Assomasul.