O de , a 203 km de , publicou, nesta terça-feira (16), leis que alteram o próprio , do vice-prefeito, secretários e vereadores para o período de 2025 a 2028. No caso do chefe do executivo, o subsídio mensal foi para R$ 31 mil. 

Como o prefeito Réus Antonio Sabedotti Fornari pode concorrer à próxima eleição municipal, ele poderá se beneficiar do aumento, caso seja reeleito. Todos terão direitos a 13º salário e ⅓ de férias. As proposições foram aprovadas na Municipal e sancionadas pelo prefeito.

Segundo a Lei Nº 1.416 de 15 de Abril de 2024, publicada no Diário Oficial do Município, nesta terça-feira, o salário do vice-prefeito ficou estabelecido em R$ 18,6 mil e dos secretários municipais em R$ 14.120,00. 

Já a Lei 1.415/2024 estabelece o salário dos vereadores em R$ 9.901,91 a partir de 1º de janeiro de 2025. Um mês depois, a partir de 1º de fevereiro do mesmo ano, o valor irá subir para R$ 10.432,39, o que corresponde a aumento de R$ 530,48. 

Segundo o texto, o valor corresponde a 30% do subsídio fixado aos deputados estaduais na Lei Estadual n° 6.016/2022.

As duas leis entram em vigor a partir de hoje, mas com efeitos a partir de 1º de janeiro de 2025. Os conteúdos foram publicados nas páginas 3 e 4 do Diário Oficial Nº 577. Clique aqui e confira.

Fale com o Midiamax

Tem alguma denúncia, flagrante, reclamação ou sugestão de pauta para o Jornal Midiamax? Envie direto para nossos jornalistas pelo WhatsApp (67) 99207-4330. O anonimato é garantido por lei.

Acompanhe nossas atualizações no Facebook, Instagram e Tiktok

Doações

Não sabe para qual entidade ou iniciativa doar? O Jornal Midiamax mantém atualizada uma relação com diversos pontos de coleta de donativos na Capital de Mato Grosso do Sul e instituições que estão recebendo doações via Pix. LISTA: Confira os novos pontos de doações em Campo Grande para famílias do RS.