A Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) recebeu, nesta segunda-feira (1), o Projeto de Lei 63/2024 que garante os pagamentos de auxílio-educação e auxílio-transporte aos servidores do TCE-MS (Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul).

O PL deve ser apresentado na sessão plenária da próxima terça-feira (2). Após isso, a proposta segue para análise da CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação). 

O texto modifica dispositivos da legislação relativa ao Plano de Cargos, Carreira e Remuneração do Quadro de Pessoal do Tribunal. Os dois benefícios têm vantagem de natureza indenizatória e os valores foram enviados em tabela pelo TCE. 

O auxílio-educação contemplaria servidores efetivos, comissionados e cedidos, vinculados ao TCE-MS, que tenham filho com idade entre 6 meses e 10 anos e 11 meses. Já o auxílio-transporte também beneficiaria os efetivos, comissionados e cedidos. 

Fale com o Midiamax

Tem alguma denúncia, flagrante, reclamação ou sugestão de pauta para o Jornal Midiamax? Envie direto para nossos jornalistas pelo WhatsApp (67) 99207-4330. O anonimato é garantido por lei.

Acompanhe nossas atualizações no Facebook, Instagram e Tiktok.