O Aeroporto Municipal de Chapadão do Sul, distante a 330 quilômetros de Campo Grande, deve receber R$ 5,2 milhões para recapeamento de pista. A informação foi confirmada pelo coordenador da bancada federal de Mato Grosso do Sul, Vander Loubet (PT).

O repasse previsto faz parte da modernização da infraestrutura aeroportuária nacional e para ampliar a capacidade operacional dos aeroportos regionais, especialmente aqueles que desempenham um papel de suporte às atividades aéreas e logísticas das comunidades locais.

Segundo Vander, o compromisso de investimento foi firmado em reunião feita em Brasília no dia 10 de abril, com o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, secretário municipal de Infraestrutura e Projetos de Chapadão do Sul, Ricardo Alves, e do consultor Fabrício Correa, da TC Assessoria Aeronáutica, empresa que está assessorando a Prefeitura.

“O aeroporto de Chapadão do Sul foi construído durante o segundo governo do Zeca do PT e inaugurado em 2006. É um dos aeroportos com melhor infraestrutura da região, inclusive serve como base de apoio para a Força Aérea Brasileira e como alternativa para voos feitos com os aviões que atendem à Presidência da República. Porém, como a pista já tem quase 20 anos, precisa de restauração”, explica o deputado Vander.

Vander Loubet reforça que o aeroporto atende não apenas demandas de municípios do entorno, como Costa Rica e Cassilândia, mas também de cidades do estado de Goiás. “O recapeamento vai aumentar a vida útil da pista e garantir que a infraestrutura do aeroporto continue a atender às demandas da economia regional”, completa Vander.

De acordo com Fabrício Correa, o projeto técnico da obra está sendo elaborado e o convênio deve ser firmado assim que esse projeto for apresentado.