A e recuperação de 144 quilômetros da em Mato Grosso do Sul pode custar R$ 41,4 milhões. A licitação foi publicada nesta terça-feira (3), no DOU (Diário Oficial da União).

Segundo o edital da licitação, o trecho que recebe manutenção será da divisa de São Paulo a Mato Grosso do Sul. As obras devem começar na ponte do Rio e seguem até a divisa do Brasil e Bolívia, em .

Interessados podem entregar as propostas a partir desta terça-feira (3) até 18 de outubro, dia da abertura das propostas. O edital do pregão eletrônico nº 420/23 está disponível no site do Governo Federal.

Concessão da rodovia

Midiamax noticiou a possibilidade do governador de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel (PSDB) de entrar com um projeto de concessão da BR-262. A proposta foi vista com entusiasmo, principalmente pelos prefeitos das cidades que abrigam fábricas de celulose e que dependem diariamente da rodovia.

Durante o lançamento do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), Riedel voltou a comentar que está se reunindo com ministros para realizar a concessão da BR-262. Na solenidade, os prefeitos de Três Lagoas e de Inocência comentaram que há anos esperam a duplicação da rodovia, a qual, tem registrado grande número de acidentes.

A obra não foi incluída no PAC, mas o governador não descarta a possibilidade de ‘assumir’ a situação. Riedel diz que tem se reunido com ministros para tentar solucionar o problema.

Mato Grosso do Sul tem duas fábricas de celulose em operação e mais duas em construção. Com a chegada das indústrias, os municípios que abrigam os grandes empreendimentos recebem milhares de novos moradores e há anos a BR- 262 serve como principal trecho de transporte logístico para as fábricas e trabalhadores.

Saiba Mais