A prefeitura de Campo Grande publicou decreto de abertura de crédito suplementar de mais de R$ 55 milhões destinados a entidades da Capital. As suplementações constam na edição extra do desta quinta-feira (2).

Segundo a publicação, o crédito total é de R$ 55.946.259,48. Do montante, R$ 36.884.640,48 são para Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), (Secretaria Municipal de Educação), FMIA (Fundo Municipal para a Infância e a Adolescência), FMIS (Fundo Municipal de Investimentos Sociais), FMAS (Fundo Municipal de Assistência Social), Amhasf (Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários), Sefin (Secretaria Municipal de Finanças e Planejamento), Semadur (Secretaria Municipal de e Desenvolvimento Urbano) PGM (Procuradoria Geral do Município), Sidagro (Secretaria Municipal de Inovação, Desenvolvimento Econômico e Agronegócio) e CGM (Controladoria-Geral do Município).

Outra suplementação de R$ 17.061.619,00 vai ser destinada a Agetran, Funsesde, FMAS, Funesp (Fundação Municipal de Esporte), Sefim, PGM, Semadur e CGM. Ainda na edição extra do Diogrande, a prefeitura também aprovou uma suplementação que foi aprovada em regime de urgência durante a sessão da Câmara Municipal de ontem. O valor de R$ 2 milhões será encaminhado ao Fundo Municipal de Saúde.

As suplementações podem ser acessadas a partir da página 9 do Diogrande. Clique aqui.

Suplementação

A suplementação, termo usado pela administração pública, basicamente, é quando um recurso é retirado de uma determinada área para aplicação em outra, ainda dentro do Poder Público.

Saiba Mais