Prefeitura de Campo Grande publicou decreto de abertura de crédito suplementar no valor de R$ 120 milhões destinados para várias entidades da Capital. A publicação consta na edição do Diogrande desta segunda-feira (18).

Segundo a publicação, o crédito total é de R$ 120.619.642,16. O montante foi dividido entre entidades municipais da Capital, sendo R$ 130.000,00 para AMHASF (Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários). R$ 17.963.018,16 para o FMS (Fundo Municipal de Saúde).

Ainda conforme o Diograde, R$ 40.826.624,00 será encaminhando para a Servimed, Seges (Secretaria Municipal de Gestão), FMS, FMIS (Fundo Municipal de Investimentos Sociais), Funsat (Fundação Social do Trabalho), FMAS (Fundo Municipal de Assistência Social), FUNDHAB, SAS (Secretaria Municipal de Assistência Social), Sisep (Secretaria Municipal De Infraestrutura E Serviços Públicos), Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo), SESDE,  GAPRE (Gabinete do Prefeito),  SECOMP (Secretaria-Executiva de Compras Governamentais) e Semed (Secretaria Municipal de Educação).

Ainda conforme consta no Diogrande, o valor de R$ 61.700.000,00 milhões será encaminhado para a Secretaria Municipal de Assistência Social.

Suplementação

A suplementação, termo usado pela administração pública, basicamente, é quando um recurso é retirado de uma determinada área para aplicação em outra, ainda dentro do Poder Público.