A (Companhia de Gás do Estado de Mato Grosso do Sul) convocou nesta semana os acionistas da empresa para assembleia geral ordinária e extraordinária para deliberar sobre a destinação do lucro líquido, que ficou 50% acima da meta em 2022 e remuneração dos administradores. A publicação foi feita no nos dias 28 de fevereiro, 1º e 2 de março.

A assembleia acontecerá no dia 30 de março, às 15h, na sede da empresa, que fica na Avenida Ministro João Arinos, nº 2.138, Bairro Tiradentes, em Campo Grande – MS. O presidente do Conselho de Administração, Edgar Afonso Bento, divulgou três pontos de discussão para a reunião.

Na ocasião, os acionistas devem tratar das contas dos administradores da Companhia, examinar, discutir e votar as demonstrações financeiras do exercício de 2022; deliberar sobre a destinação do lucro líquido e a distribuição dos dividendos relativos ao exercício do ano passado e fixar a remuneração dos administradores da companhia.

Lucro 50% acima da meta

De acordo com demonstrativo disponível no site da transparência da MS Gás (e aqui), a empresa ficou com o lucro líquido 50% acima da meta para 2022.

De acordo com o demonstrativo da empresa, o lucro líquido contou com uma receita financeira muito acima das expectativas (+286%), o que representa uma diferença de R$ 9,4 milhões, impactada pelas receitas de juros/multa de clientes, as quais somaram R$ 4,4 milhões no ano, e pelas receitas sobre aplicações financeiras, as quais obtiveram um somatório de R$ 7,7 milhões em 2022.

Saiba Mais