A fazenda que originou o incêndio que atingiu 69 imóveis na região da Nhecolândia foi multada em R$ 19 milhões. Cerca de 65,6 mil hectares de flora nativa do Pantanal foram queimados no mês de novembro.

Segundo análise de imagens de satélite, o fogo surgiu na área rural da fazenda Santa Edwiges. Os incêndios atingiram imóveis de , cidade a 419 quilômetros de . A área queimada está perto do Parque Estadual do Pantanal do Rio Negro.

O laudo do (Ministério Público de Mato Grosso do Sul), que identificou a origem do fogo, aponta que os primeiros focos surgiram a partir de queima com combustível. A fazenda está abandonada e até o momento ninguém foi notificado oficialmente.

Então, a de R$ 19 milhões será enviada para o Imasul (Instituto de de Mato Grosso do Sul). Os proprietários da fazenda deverão apresentar a defesa para o órgão.

Contudo, o Ministério afirma que a multa não isenta os proprietários de outras penalidades.

Mês crítico

O mês de novembro foi considerado o pior da história dos focos de queimada. Foram 4,1 mil registros de foco de incêndio na região pantaneira neste ano.

Em 2023, mais de 1,2 milhão de hectares foram consumidos pelas chamas no Pantanal. O total de hectares considera Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

Os dados são do Lasa (Laboratório de Aplicações de Satélites Ambientais) do Departamento de Meteorologia da UFRJ (Universidade Federal do ).

Saiba Mais