Esposa do ex-deputado federal Loester Trutis, Raquelle Lisboa Alves Souza – a Raquelle Trutis – foi exonerada do cargo que ocupava na Secretaria de Estado de Assistência Social e dos pelo Governo do Estado de Mato Grosso do Sul. A publicação consta no desta quarta-feira (8).

Natural de Brasília, a ex-candidata à deputada estadual foi nomeada para cargo em comissão de Direção Gerencial Superior e Assessoramento, símbolo CCA-06 da secretaria, em maio deste ano. O CCA-06, pelo qual recebia, corresponde a um de R$ 6.001, com adicional de até 60%. 

A exoneração de Raquelle consta como ‘a pedido’ e é a contar do dia 17 de outubro deste ano.

Raquelle foi candidata a uma vaga em cadeira da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul nas últimas eleições, onde teve 10.782 votos conforme apuração do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). A esposa do ex-integrante da bancada federal de MS não se elegeu, mas ficou suplente em vaga do PL (Partido Liberal).

Na época em que o marido era deputado federal, Raquelle exerceu o cargo de secretária parlamentar no gabinete de Trutis, onde mantinha salário de R$ 14.485,18.

Saiba Mais