Duas empresas venceram o processo de licitação para fornecerem açúcar e café para a Polícia Federal em Mato Grosso do Sul. Os valores contratuais chegaram a R$ 39.305 e foram publicados no DOU (Diário Oficial da União) desta segunda-feira (19).

Conforme o edital, a Mricrôn Generos Alimentícios vai abastecer a repartição com 1.750 pacotes de cafés torrados. O montante cobrado foi de R$ 30.765,00 e os produtos devem ter validade de 10 meses para consumo.

Enquanto isso, a Comércio de Alimentos LTDA, foi contratada por R$ 8.540,00 para prover o estoque de açúcar da base, com 1.000 pacotes. O produto deve ser entregue em Campo Grande, conforme as condições estabelecidas nos editais.

Segundo o texto, entre as exigências para a compra, está a precisão de que o açúcar seja puro, sem glúten, sem corantes, livre de fermentações, entre outros requisitos. Ambos os contratos, entre o Governo Federal e a instituição privada foram assinados no dia 15 deste mês.

Em nota, a Polícia Federal esclareceu que as aquisições serão feitas por outro órgão, “que utilizou um registro de preços conduzido pela Superintendência Regional da Polícia Federal em Mato Grosso do Sul, conforme se observa nos dados do comprador: ‘A data de Fabricação e validade deverá estar estampada no rótulo da embalagem, a serem entregues na Superintendência Regional Norte/Centro-Oeste em Brasília, sito ao Setor de Autarquia Sul, Bloco L Quadra 04 , 4º Andar – CEP: 70070-922 – Brasília/DF e Gerência Executiva de Campo Grande/MS, sito à Rua Sete de Setembro nº 300 – Centro – CEP: 79002-121 – Campo Grande/MS”, conforme pode ser verificado na publicação do Diário Oficial da União, nenhum dos endereços informados são da Polícia Federal.'”

*Editada às 17h44 do dia 20/06/2023 para acréscimo de informações após nota retorno enviada pela PF