Nesta segunda-feira (27), foi instaurado inquérito civil para apurar supostas irregularidades na de Laguna Carapã. A licitação para compra de notebooks, aberta em março deste ano, é investigada por suspeita de superfaturamento.

Conforme detalhado no inquérito, foi relatada notícia de fato sobre as irregularidades que teriam acontecido na licitação. A princípio, os preços reais deveriam ser menores do que os praticados no certame.

Sendo assim, com a necessidade de apurar os fatos, o promotor Ricardo Rotunno, de Dourados, decidiu por instaurar o inquérito. A licitação é a 001/2023, que firmou contrato no valor de R$ 58.136,25.

O valor é referente à compra de 6 notebooks, um computador, dois nobreaks, um ar-condicionado e uma mesa.