Após reunião por videoconferência entre o governador (PSDB) e o ministro dos Transportes, Renan Filho, o governador do Estado deve avaliar proposta final da pasta para o novo modelo de investimentos de duplicação para a .

Um material com planejamento será encaminhado pelo Ministério dos Transportes ao Governo do Estado nos próximos dias. Presente na reunião, Hélio Peluffo diz que “o ministro apresentou a proposta de otimização da BR-163, em um novo modelo e proposta, e o Governo do Estado vai avaliar os investimentos que são importantes”.

Ele disse ainda que o “Estado tem suas reivindicações, principalmente aquelas que atendem aos municípios, como a necessidade da duplicação em um número considerável”.

Conforme a secretária especial da EPE (Escritório de Parcerias Estratégicas), Eliane Detoni, “o ministro vai nos encaminhar a proposta final e vamos conhecer em detalhes os avanços para este contrato. Já vimos alguns (avanços) significativos, como inovações regulatórias e o valor da tarifa que nos preocupava fortemente, o governador inclusive deixou isto claro durante a reunião”.

Duplicação da BR-163

O trecho da BR-163 entre e será duplicado. As obras devem começar em fevereiro e atenderão 52 quilômetros de extensão da rodovia.

As obras foram confirmadas pelo diretor-presidente da Infra S/A, Jorge Bastos, do dia 29 de agosto. Segundo ele, o aprovou a proposta de continuidade da concessão da rodovia BR-163 pela CCR MSVia.

O diretor-presidente se reuniu com o deputado federal por Mato Grosso do Sul, Geraldo Resende. Durante o encontro, Bastos também destacou que o TCU (Tribunal de Contas da União) deu aval para a continuidade das obras na BR-163, no trecho entre Dourados e Caarapó.

A proposta de dividir a rodovia em dois trechos, licitando apenas a metade norte e prorrogando a concessão para a CCR MSVia, foi apresentada por Resende em 30 de maio. O ministro dos Transportes, Renan Filho, aprovou o projeto e a rodovia será duplicada neste trecho.