Antigo mercadão, presídio e Casa do Artesão em Corumbá estão entre os investimentos do Novo PAC (Projeto de Aceleração do Crescimento), segundo divulgado pelo Planalto nesta sexta-feira (11). O lançamento do pacote foi realizado no , com o presidente Luiz Inácio da Silva e o governador Eduardo Riedel (PSDB).

Na cidade branca, 15 projetos serão contemplados, sendo sua maioria, em infraestrutura. O governo federal vai investir R$ 44,7 bilhões em obras Mato Grosso do Sul, como a construção do contorno de , adequação da e alça de acesso à ponte do Rio Paraguai, conclusão do Aeroporto de Dourados e moradias do Minha Casa, Minha Vida.

Conforme dados do TCU (Tribunal de Contas da União), o governo federal precisará investir R$ 44 bilhões só para terminar os empreendimentos dos pacotes passados. Considera o orçamento total de R$ 57,40 bilhões do conjunto de obras que ficaram dos outros 2 programas – cerca de R$ 13,5 bilhões foram executados.

Saneamento

Atualmente, o de 52.586 habitantes de Corumbá não é coletado, de acordo com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O pacote traz a retomada da ampliação do esgotamento sanitário da cidade até a conclusão das obras.

Moradia

Recursos liberados para moradia vão concluir obras da Minha Casa, Minha Vida em 3 Unidades Habitacionais Faixa 2, e mais 3 polos habitacionais na faixa 3.

Educação

Foram liberadas verbas para conclusão de obras na educação básica, como creches, escolas e cobertura de quadras. Também receberão recursos, as áreas de Educação, Ciência e Tecnologia Inovação e Pesquisa MS Corumbá, Embrapa Pantanal.

Infraestrutura

Além das obras do antigo mercadão, presídio e Casa do Artesão de Corumbá, o pacote tem recursos para restauração do Casarão do ILA (Instituto Luiz de Albuquerque) e também, a conclusão e novas obras do Patrimônio Histórico.

Serão realizadas obras no prédio da antiga prefeitura, conclusão e novas obras do Patrimônio Histórico Obra; Infraestrutura Social e Inclusiva, restauração do prédio do antigo Hotel Internacional, conclusão e novas obras do Patrimônio Histórico; Infraestrutura Social e Inclusiva para o esporte na conclusão de obras de Centros Esportivos.

Saúde

Saúde Preparação para Emergências Sanitárias MS Corumbá Ampliação da capacidade dos LACEN, LAFRON e LMSP Equipamentos para Laboratórios de Saúde Pública Equipamento

Transportes

Há obras para transição e Segurança Energética Eficiência Energética, que está em licitação e concessão para transporte Eficiente e Sustentável no Aeroportos. O programa também inlcuiu hidrovias no trecho de Corumbá e Cáceres Rio Paraguai e dragagem Tramo Norte.

Novo PAC

O Novo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) tem 255 estudos, concessões e conclusões de obras paradas para Mato Grosso do Sul. São R$ 44,7 bilhões de investimentos, entre recursos do Governo Lula e financiamentos de bancos públicos para concessões e PPPs (parcerias público-privadas), além de investimentos de estatais, sobretudo da Petrobras.

Governo Federal vai investir R$ 44,7 bilhões em Mato Grosso do Sul, distribuídos em nove eixos (Midiamax)

Saiba Mais