Política / Transparência

Prefeitura de Campo Grande arrecadou R$ 270,7 milhões de IPTU de 2022 até agora

Em janeiro, quando, até dia 10 houve desconto de 20% à vista, foram R$ 224.358.857,30

Mayara Bueno Publicado em 12/01/2022, às 09h55 - Atualizado às 10h39

Secretário de Finanças e Planejamento, Pedro Pedrossian Neto.
Secretário de Finanças e Planejamento, Pedro Pedrossian Neto. - (Foto: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax, Arquivo)

A Prefeitura de Campo Grande arrecadou R$ 270,7 milhões com o IPTU (Imposto Predial Territorial e Urbano) de 2022, de acordo com o secretário de Finanças e Planejamento, Pedro Pedrossian Neto. Em janeiro, quando, até dia 10 houve desconto de 20% à vista, foram R$ 224.358.857,30.

Segundo divulgado pelo secretário, o arrecadado neste ano supera 2021, quando, até janeiro, tinham entrado nos cofres públicos R$ 258.831.749,32. O crescimento de um ano ao outro representa 4,62%. O maior volume foi registrado no dia 6 de janeiro, quando foram registrados R$ 144.333.724,18

O IPTU de 2022, que não sofreu reajuste, pode ser pago de forma parcelada também, em até 10 vezes. Se pagar até o dia 10 de todo mês, o contribuinte tem 5% de desconto em cada uma. 

A Prefeitura de Campo Grande levou em consideração a situação de calamidade pública, homologada e referendada pela Alems (Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso do Sul), para abrir mão de receita ao não reajustar o IPTU neste ano.

Jornal Midiamax