O Ministério da Saúde aprovou o repasse de R$ 3,6 milhões a Mato Grosso do Sul, para uso em ações de prevenção a hepatites virais e HIV/Aids. A portaria assinada pelo ministro Marcelo Queiroga foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (8).

Ao todo, a União vai enviar R$ 200 milhões aos estados para incentivo de ações de vigilância, prevenção e controle, incluindo manutenção de casa de apoio e aquisição de fórmula infantil para crianças expostas ao HIV.

Consta ainda que os municípios sede de regiões de saúde são prioritários, tendo em vista sua posição de referência e contrarreferência para os municípios que se encontram em seu entorno. Cidades localizadas na fronteira também terão atenção especial.