Política / Transparência

MS terá mais uma escola cívico-militar e total chega a 4

Ainda não foi decidido se administração ficará a cargo do município ou do Governo do Estado

Graziella Almeida Publicado em 13/01/2022, às 08h15

None
Foto: Divulgação

Mato Grosso do Sul receberá a regulamentação de mais uma escola cívico-militar, que será implementada no município de Rio Verde de Mato Grosso, a 203 quilômetros de Campo Grande. A aprovação foi confirmada pelo secretário de educação do município, Valter Costa de Almeida, após recebimento da aprovação por parte do Governo Federal.

De acordo com Almeida, o município agora se organiza para receber esse novo modelo de ensino. Porém, ainda não foi definido se a administração ficará a cargo da Semed (Secretaria Municipal de Educação) de Rio Verde ou da SED (Secretaria de Estado de Educação). 

"Nós nos inscrevemos no programa em novembro de 2021 e nesta semana recebemos a notícia de que fomos aprovados. É uma novidade e ainda estamos organizando como será feita a regulamentação desta instituição para receber o programa. Vamos nos reunir com a SED para decidir o que será melhor para as duas partes, buscando sempre o melhor para os nossos estudantes", comentou. 

Escola Cívico-Militar 

Apesar do programa não ter sido muito contemplado no Estado, as escolas que receberam a implementação Cívico-Militar seguem a mesma linha pedagógica disponibilizada para o REE (Rede Estadual de Ensino) ou pelas redes municipais de ensino. O que mudaria seria a sistemática organizacional, além do encaixe de matérias sobre civismo na didática militar.

Em Mato Grosso do Sul, a SED é responsável por três instituições: Escola Estadual Marçal de Souza, no Jardim Los Angeles — que além de Cívico-Militar é, também, regulamentada no programa Escola de Autoria e tem a supervisão da Polícia Militar;  Prof. Alberto Elpídio Ferreira Dias, que é de responsabilidade do Corpo de Bombeiros; e o Centro Estadual de Educação Profissional Arlindo Neckel, em Chapadão do Sul.

Jornal Midiamax