O governador Reinaldo Azambuja abriu crédito suplementar de R$ 29.631.600,00 para investimentos na UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) e no Detran (Departamento Estadual de Trânsito).

A medida consta em decreto orçamentário publicado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (21), assinado pelo governador e pelo secretário Luiz Renato Adler Ralho, da Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda).

Crédito

O crédito suplementar consiste no remanejamento de valores que inicialmente seriam destinados à determinada atribuição, mas que serão aplicados em outros setores, conforme previsão legal.

No caso da UEMS, por exemplo, R$ 23.731.600,00 foram retirados especificamente da manutenção e operacionalização da universidade, e serão empregados em ações de desenvolvimento da graduação. 

Quanto ao Detran, R$ 4.600.000,00 foram retirados das atividades de educação e conscientização no trânsito, e serão usados na implantação da sinalização viária em diversos municípios. O restante do valor é para custeio da Saúde e Previdência Social.