O advogado Ary Raghiant Neto é o mais novo desembargador do (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul). O governador (PSDB) assinou o decreto com a escolha e publicou nesta segunda-feira (7) no DOE (Diário Oficial do Estado de MS).

Raghiant integrou a lista tríplice definida pelo TJ e assume a cadeira de Claudionor Miguel Abss Duarte, que se aposentou em fevereiro. Ele ocupará a vaga do quinto constitucional da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

Anteriormente, em 19 de outubro, o Pleno da corte escolheu Fabíola Marquetti Sanches Rahim e Alexandre Ávalo Santana, com 28 votos cada, além de Ary Raghiant Neto, que teve 23 votos. 

Além disso, na lista da OAB-MS, definida no dia 5, estavam ainda Felipe Cazuo Azuma, Kelly Guimarães de Mello Baumgartner e Lídia Maria Lopes Rodrigues Ribas.

Agora, cabe ao TJMS dar posse ao novo desembargador. Na sequência, ele será designado para as câmaras cíveis e criminais.

Ary Raghiant Neto: da Fucmat para o TJMS

Formado em 1991 na Faculdade de da FUCMAT (antiga Faculdades Unidas Católicas de Mato Grosso, atual UCDB), em (MS), Ary Rachiant Neto é egresso da mais tradicional escola de juristas de Mato Grosso do Sul.

Foi pós-graduado em direito tributário pelo Instituto Brasileiro de Estudos Tributário (IBET) e em direito constitucional pela ESA-MS E PUC-SP. Assim, na advocacia, Raghiant ganhou destaque local atuando com Direito Administrativo, Tributário e Eleitoral.

Em 2001, atuou como assessor jurídico na presidência do TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado de Mato grosso do Sul). Logo depois, em 2003, integrou a Comissão de Estágio e Exame da OAB-MS.

Também foi membro da Comissão Temporária de Direitos Políticos e conselheiro estadual da OAB-MS, entre 2004 e 2006. Atuou como presidente da 2ª Câmara de Seleção e Prerrogativas e como secretário-geral da OAB-MS.

Desde 2006, Ary Raghiant Neto é professor de Direito Tributário da Escola Superior do Ministério Público de Mato Grosso do Sul e no curso de pós-graduação da Uniderp, atuando também na cadeira de Direito Tributário.