Política / Transparência

TCE-MS multa ex-prefeito de Miranda por contratações irregulares

O TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul) multou o ex-prefeito de Miranda, Neder Vedovato, por contratações irregulares de servidores. As duas decisões foram publicadas na edição desta quarta-feira (3) do Diário Oficial do TCE. No primeiro caso, um operador de máquinas foi admitido temporariamente no ano de 2012. Técnicos da […]

Adriel Mattos Publicado em 03/03/2021, às 16h13 - Atualizado às 16h15

Sede do TCE-MS, em Campo Grande. (Foto: Divulgação)
Sede do TCE-MS, em Campo Grande. (Foto: Divulgação) - Sede do TCE-MS, em Campo Grande. (Foto: Divulgação)

O TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul) multou o ex-prefeito de Miranda, Neder Vedovato, por contratações irregulares de servidores. As duas decisões foram publicadas na edição desta quarta-feira (3) do Diário Oficial do TCE.

No primeiro caso, um operador de máquinas foi admitido temporariamente no ano de 2012. Técnicos da corte não encontraram justificativas para a contratação e declaração de inexistência de candidato habilitado em concurso público.

Intimado, o ex-prefeito não apresentou defesa e foi julgado à revelia. A documentação referente ao caso foi enviado pelo atual prefeito, Edson Moraes (PSDB). Dessa forma, o conselheiro Ronaldo Chadid determinou que o município não registrasse a contratação.

Além disso, Vedovato foi multado em 80 Uferms (Unidades Fiscais de Referência). Com a cotação de R$ 37,78 em março, isso representa R$ 3 mil.

No segundo caso, a irregularidade foi na admissão de um médico. Também não foi encontrada justificativa para a contratação e o ex-prefeito também não apresentou defesa.

Chadid também recomendou o não registro da contratação e multou Vedovato em mais 30 Uferms, ou R$ 1,1 mil. Ele tem 45 dias para pagar as multas.

Jornal Midiamax