Política / Transparência

Promotoria vai investigar ausências e abonos de servidores de Ponta Porã

Funcionários prestam serviço na Câmara de Vereadores

Marcelo Nantes Publicado em 30/09/2021, às 09h54

MPMS vai checar o controle de frequência dos servidores da Câmara Municipal de Ponta Porã
MPMS vai checar o controle de frequência dos servidores da Câmara Municipal de Ponta Porã - Divulgação

A 1ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social de Ponta Porã instaurou inquérito civil para apurar a validação das justificativas de ausência e abono de faltas dos servidores comissionados e efetivos da Câmara de Vereadores da cidade.

De acordo com o MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul), há elementos que motivaram a necessidade de se confirmar se, de fato, houve “validação de atrasos, saídas antecipadas e ausências independentemente do débito de jornada existente”.

A 1ª Promotoria deu prazo de 15 dias úteis para a Câmara de Vereadores apresentar esclarecimentos quanto ao método de controle de jornada dos servidores adotado; às normativas internas que regulamentam controle de jornada dos servidores públicos efetivos e comissionados e eventuais validações de atrasos, saídas antecipadas e ausências; às folhas de frequência dos últimos três meses dos servidores públicos efetivos e comissionados; e quanto aos registros dos últimos cinco meses de validações de atrasos, saídas antecipadas e ausências.

O termo foi assinado pela Promotora de Justiça Substituta Janaina Scopel Bonatto.

Jornal Midiamax