Política / Transparência

MPMS vai pagar R$ 4,5 milhões à operadora para uso de intranet durante um ano

Contrato foi reajustado com base no Índice de Serviços de Telecomunicações

Renan Nucci Publicado em 13/10/2021, às 07h25

Fachada do MPMS no Parque dos Poderes, em Campo Grande
Fachada do MPMS no Parque dos Poderes, em Campo Grande - Marcos Ermínio/Midiamax

O MPMS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) vai pagar R$ 4,5 milhões à operadora Claro, por um ano de serviços intranet, nas unidades localizadas em Campo Grande e no interior do Estado.

O termo aditivo do contrato foi publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (13). A vigência é de 10 de outubro de 2021 a 10 de outubro de 2022, com valor mensal estimado em R$ 381.309,10, baseado em reajuste definido pelo IST (Índice de Serviços de Telecomunicações). 

Neste período, a Claro irá disponibilizar a comunicação de dados nas modalidades terrestres de intranet, que consiste na rede de uso interno para membros do MPMS.

Jornal Midiamax