Política / Transparência

Licitação de R$ 3,4 milhões para reforma na Cidade do Natal define empresa

Resultado ainda pode receber recursos; só depois empresa pode ser contratada

Mayara Bueno Publicado em 28/07/2021, às 09h09

Cidade do Natal, nos altos da Avenida Afonso Pena.
Cidade do Natal, nos altos da Avenida Afonso Pena. - (Foto: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax, Arquivo).

A empresa 1A Serviços de Obras Civis e Terceirização de Pessoal venceu licitação de R$ 3,4 milhões para reforma da Cidade do Natal, em Campo Grande. Desde terça-feira (27), quando foi divulgado o resultado no Diário Oficial, corre prazo de cinco dias para apresentação de recursos - só depois é que o contrato pode ser formalizado.

Segundo o edital divulgado anteriormente, a obra abrange execução e ampliação do complexo multiúso, localizado nos altos da Avenida Afonso Pena. O valor estimado é de R$ 3.442.410,24. 

De acordo com divulgação da Prefeitura de Campo Grande, no local será construída estrutura permanente de quiosques, com configuração arquitetônica característica da cidade, palco para shows e eventos artísticos, instalações sanitárias, infraestrutura de drenagem e área coberta.

O projeto prevê um totem de entrada que remete às características da Estação Ferroviária, quiosques com fachadas nas características das casas da vila Ferroviária, do antigo Cine Alhambra, além de tendas gourmet. Serão edificações de alvenaria que não precisão ser refeitas todos os anos neste período de festas natalinas e passagem do  Ano Novo. 

Depois de pronta a nova Cidade do Natal, será aberta licitação para a iniciativa privada explorar a estrutura, em regime de concessão, provavelmente, com algum empreendimento na área de alimentação e entretenimento. A empresa concessionária vai pagar um aluguel, que será dividido entre Prefeitura e o Governo do Estado, dono da área que integra o complexo do Parque das Nações Indígenas. 

Jornal Midiamax