Política / Transparência

Empresa especializada em serviços gerais vence licitação de R$ 2 milhões da MSGás

Prime Clean tem contrato com o HRMS e renovou convênio de R$ 2,6 milhões com a SED-MS

Renata Volpe Publicado em 26/07/2021, às 08h41

MSGás divulgou resultado de licitação onde vencedora foi a empresa Prime Clean
MSGás divulgou resultado de licitação onde vencedora foi a empresa Prime Clean - Divulgação

A Prime Clean, especializada no ramo de serviços gerais de limpeza, venceu a licitação da MSGás no valor de R$ 2 milhões. A empresa mantém contrato de R$ 11,2 milhões com o HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul) e renovou convênio com a SED-MS (Secretaria de Estado de Educação) no valor de R$ 2,6 milhões. 

A MSGás divulgou, nesta segunda-feira (26), o resultado da licitação. A empresa vai prestar serviços de limpeza, conservação e apoio administrativo, com dedicação exclusiva de mão de obra, fornecimento de materiais, equipamentos e ferramentas necessárias para a execução do escopo do objeto, bem como de execução (por demanda) de serviços de manutenção e reparo predial e das instalações. O valor total é de R$ 2.052.449,00 por dois anos de serviços.

A Prime Clean foi contratada em 2018 pelo valor de R$ 8 milhões para prestar serviços no HRMS. No mesmo dia em que o convênio foi divulgado no Diário Oficial do Estado, o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) deflagrou no Hospital, a Operação Reagente. Na época, não foi divulgado se a empresa estava sendo investigada. O Gaeco cumpriu três mandados de prisão preventiva e 14 de busca e apreensão contra pessoas ligadas a esquema de corrupção ativa e passiva, e fraudes em licitações de equipamentos médicos.

Quase dois anos depois, o mesmo contrato foi reajustado e subiu para R$ 11,2 milhões, conforme divulgado em junho deste ano. 

Educação

A SED-MS divulgou nesta segunda-feira (26), o primeiro termo aditivo ao contrato com a Prime Clean. A empresa presta serviços para a secretaria desde 2020. 

De acordo com a publicação, o valor mensal do contrato passa a ser de R$ 239.550,11, passando o valor global a ser de R$ 2.690.001,44 pelo período restante da vigência, com efeitos financeiros a contar de 13 de abril.

Jornal Midiamax