Política / Transparência

Doze cidades de MS vão receber R$ 2,8 milhões para organizar vacinação contra Covid

Doze municípios sul-mato-grossenses foram incluídos pelo Ministério da Saúde na lista de cidades que irão receber recursos para implementar a vacinação conta a Covid-19. Eles irão receber valores de R$ 180 mil a R$ 660 mil, destinados ao custeio dos centros para enfrentamento da Covid-19, ‘tendo em vista a necessidade de organização da rede de […]

Danúbia Burema Publicado em 04/03/2021, às 08h34 - Atualizado às 08h45

Fachada do Ministério da Saúde na Esplanada dos Ministérios | Foto: Agência Brasil | Reprodução
Fachada do Ministério da Saúde na Esplanada dos Ministérios | Foto: Agência Brasil | Reprodução - Fachada do Ministério da Saúde na Esplanada dos Ministérios | Foto: Agência Brasil | Reprodução

Doze municípios sul-mato-grossenses foram incluídos pelo Ministério da Saúde na lista de cidades que irão receber recursos para implementar a vacinação conta a Covid-19.

Eles irão receber valores de R$ 180 mil a R$ 660 mil, destinados ao custeio dos centros para enfrentamento da Covid-19, ‘tendo em vista a necessidade de organização da rede de atenção à saúde local para implementação das ações de imunização contra o coronavírus’.

Ao todo, serão R$ 449,2 milhões distribuídos em cidades de todo o País. A lista completa consta na portaria GM/MS Nº 361, de 1º de março, publicada na edição da última terça-feira (2) do DOU (Diário Oficial da União) e pode ser conferida clicando aqui.

Conforme a publicação, o critério estabelecido para recebimento é o de ter credenciado e implantado centros comunitários de referência ou centros de atendimento para enfrentamento da Covid até novembro ou dezembro de 2020.

O incentivo financeiro é feito para custear o atendimento nesses locais no período de janeiro a março deste ano. Caso os valores não tenham essa destinação, terão que ser devolvidos ao Tesouro. A prestação de contas deverá ser feita no RAG (Relatório Anual de Gestão).

De acordo com a portaria, os valores serão transferidos do Fundo Nacional de Saúde aos fundos municipais de forma automática e em parcela única. Confira abaixo o montante repassado a cada cidade:

UF

Município

IBGE

Nº de Centros modalidade I

Nº de Centros modalidade II

Nº de Centros  modalidade III

Nº de Centros Comunitários modalidade I

Nº de Centros Comunitários modalidade II

Valor referente ao custeio dos centros em 3 competências financeiras

MS

AQUIDAUANA

500110

1

0

0

0

0

R$ 180.000,00

MS

BANDEIRANTES

500150

1

0

0

0

0

R$ 180.000,00

MS

DOURADOS

500370

1

1

0

0

0

R$ 420.000,00

MS

FÁTIMA DO SUL

500380

1

0

0

0

0

R$ 180.000,00

MS

IGUATEMI

500430

1

0

0

0

0

R$ 180.000,00

MS

JARDIM

500500

1

0

0

0

0

R$ 180.000,00

MS

LADÁRIO

500520

1

0

0

0

0

R$ 180.000,00

MS

MUNDO NOVO

500568

1

0

0

0

0

R$ 180.000,00

MS

NAVIRAÍ

500570

1

0

0

0

0

R$ 180.000,00

MS

NOVA ALVORADA DO SUL

500600

1

0

0

0

0

R$ 180.000,00

MS

SELVÍRIA

500780

1

0

0

0

0

R$ 180.000,00

MS

TRÊS LAGOAS

500830

1

2

0

0

0

R$ 660.000,00

Jornal Midiamax