Política / Transparência

De interino, Fundação de Cultura de MS passa a ter diretor-presidente

Interinamente comandando a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Gustavo de Arruda Castelo, assume como diretor-presidente da autarquia, conforme decreto publicado nesta terça-feira (23). Segundo a publicação assinada pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB), Gustavo, ocupante do cargo de direção superior e assessoramento, assume como diretor-presidente da Fundação de Cultu...

Renata Volpe Publicado em 23/03/2021, às 07h59 - Atualizado às 08h28

Gustavo de Arruda Castelo comanda a FCMS. (Aurélio Vinícios)
Gustavo de Arruda Castelo comanda a FCMS. (Aurélio Vinícios) - Gustavo de Arruda Castelo comanda a FCMS. (Aurélio Vinícios)

Interinamente comandando a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Gustavo de Arruda Castelo, assume como diretor-presidente da autarquia, conforme decreto publicado nesta terça-feira (23).

Segundo a publicação assinada pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB), Gustavo, ocupante do cargo de direção superior e assessoramento, assume como diretor-presidente da Fundação de Cultura. 

O decreto foi publicado quatro meses depois de Gustavo assumir como interino. Cegonha, como é conhecido, atuou nas primeiras edições do Festival de Inverno de Bonito. Ele era o segundo em comando na fundação. Mara Caseiro (PSDB) deixou o cargo de diretora-presidente para assumir o mandato de deputada estadual.

Jornal Midiamax