Política / Transparência

Câmara de Dourados prepara novo Plano de Cargos e prevê realização de concurso público

Estimativa é de que a proposta seja encaminhada nas próximas semanas

Marcos Morandi Publicado em 04/08/2021, às 09h42

Proposta já começou a ser discutida entre vereadores e servidores do Legislativo
Proposta já começou a ser discutida entre vereadores e servidores do Legislativo - Valdenir Rodrigues

O novo PCCR (Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração) da Câmara Municipal de Dourados está em fase de conclusão e a estimativa é de que a proposta seja encaminhada para votação dos vereadores nas próximas semanas.  A medida também prevê a realização de concurso público para preenchimento de cargos do quadro de servidores efetivos da Casa.

“O projeto ainda pode sofrer alterações, mas está bem encaminhado para que até o fim deste ano já tenhamos a maioria das etapas concluídas. Temos cargos atualmente que dentro das atividades da Casa não se aplicam mais e outros que se tornaram necessários de serem implantados para um melhor desenvolvimento das atividades”, explicou o procurador-geral da Casa, Leandro Luiz Belon.

A implantação de um novo PCCR segue a necessidade de atualização de funções e criação de algumas diretorias que vão possibilitar uma melhor gestão. “Há muito tempo é uma questão que está pendente e talvez esse seja um dos grandes legados da atual gestão” explica Belon.

O PCCR em vigor atualmente é o estabelecido pela Lei Municipal nº 3.938 de 27 de outubro de 2015, que alterou a Lei nº 3.595 de 2012. O presidente da Casa, vereador Laudir Munaretto (MDB), destaca que o compromisso da atual gestão é justamente trazer um legado que possa proporcionar uma estrutura que otimize o desenvolvimento das atividades e do trabalho dos 19 vereadores.

“Desde o começo, a nossa gestão tem o comprometimento de fazer as coisas diferentes do que vinha sendo feito e deixar um legado. E essa ação do PCCR é um dos nossos projetos mais importantes para que a Casa funcione melhor em favor dos interesses da população”.

Dentro da proposta, há mudanças importantes, como a criação da Diretoria de Direção de Planejamento e Gestão Estratégica. Este setor será voltado à organização, por exemplo, nas estratégias de licitações, que exigem mais rigor e detalhamento da efetiva necessidade de realização.

Há ainda a criação de alguns cargos, como o de chefe de Ouvidoria, setor que está sendo reformulado. Na imprensa, haverá um responsável exclusivamente para demandas de Publicidade e Propaganda.   

Jornal Midiamax