Política / Transparência

TCE-MS terá quase duas semanas de feriados e pontos facultativos em 2021

Já em recesso, conselheiros e servidores do TCE-MS vão folgar pelo menos 13 dias no próximo ano, entre feriados e pontos facultativos.

Jones Mário Publicado em 21/12/2020, às 17h34

Conselheiros do TCE-MS em reunião (Foto: Divulgação/TCE-MS)
Conselheiros do TCE-MS em reunião (Foto: Divulgação/TCE-MS) - Conselheiros do TCE-MS em reunião (Foto: Divulgação/TCE-MS)

Os conselheiros e servidores do TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado) terão pelo menos 13 dias de folga em 2021, entre feriados e pontos facultativos.

O tribunal publicou hoje (21), em portaria, o calendário de datas das folgas. O ato é assinado pelo presidente da Corte, o conselheiro Iran Coelho das Neves.

Em fevereiro serão três dias de ponto facultativo e feriado de Carnaval – 15, 16 e 17. Depois, em abril, não haverá expediente nos dias 2 (Paixão de Cristo) e 21 (Tiradentes). Em junho, o dia 3 será de folga devido ao feriado de Corpus Christi.

O calendário segue com 26 de agosto (Aniversário de Campo Grande) e 7 de setembro (Independência do Brasil).

Em outubro serão pelo menos três dias sem trabalho. Além de 11 e 12, respectivamente feriados pela criação do Estado e dia de Nossa Senhora Aparecida, a celebração do Dia do Servidor Público será antecipada para o dia 8. Normalmente, a data é lembrada no dia 28 de outubro.

Já em novembro, o tribunal não vai funcionar nos dias 2 (Finados) e 15 (Proclamação da República).

Não entram na conta do TCE-MS os feriados que vão cair em fins de semana, como 1º de maio (Dia do Trabalho) e 25 de dezembro (Natal), os dois em sábados.

A Corte já está em recesso de fim de ano, iniciado no último dia 17. Estendida em cinco dias, a folga segue até 8 de janeiro de 2021.

Jornal Midiamax