A Prefeitura de Campo Grande divulgou termo de compra de medicamentos do protocolo de tratamento precoce e profilaxia do coronavírus (Covid-19), segundo documento divulgado no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta sexta-feira (24).

A empresa Farmacinco terá de fornecer os remédios para tratamento precoce de “forma imediata”, por R$ 977.000,00. Não foi especificado, na publicação, quais são os remédios adquiridos, nem a quantidade prevista. A reportagem acionou a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) e aguarda retorno.

Principalmente em julho, o município tem publicado compra de materiais e remédios para combate da pandemia de coronavírus, que avança exponencialmente em Campo Grande.

São 7802 casos confirmados e 82 mortes, segundo boletim mais recente da Sesau. Contudo, no informe do Governo de Mato Grosso do Sul, desta sexta-feira, a Capital teria mais 5 óbitos registrados.