Política / Transparência

Prefeito afastado ganha cargo de diretor técnico no Conisul

Em decreto assinado pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB), Vanderlei Bispo de Oliveira, prefeito de Japorã afastado em 2019 do cargo, foi cedido da Sefaz (Secretaria de Fazenda) para atuar como diretor técnico do Conisul ( Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento da Região Sul de Mato Grosso do Sul). O decreto publicado no Diário Oficial do Estado […]

Renata Volpe Publicado em 21/01/2020, às 10h35 - Atualizado às 14h57

Reinaldo Azambuja e Vanderlei Bispo em reunião do Conisul realizada em abril de 2019, na governadoria. (Chico Ribeiro, Governo de MS)
Reinaldo Azambuja e Vanderlei Bispo em reunião do Conisul realizada em abril de 2019, na governadoria. (Chico Ribeiro, Governo de MS) - Reinaldo Azambuja e Vanderlei Bispo em reunião do Conisul realizada em abril de 2019, na governadoria. (Chico Ribeiro, Governo de MS)

Em decreto assinado pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB), Vanderlei Bispo de Oliveira, prefeito de Japorã afastado em 2019 do cargo, foi cedido da Sefaz (Secretaria de Fazenda) para atuar como diretor técnico do Conisul ( Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento da Região Sul de Mato Grosso do Sul).

O decreto publicado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (21), mas assinado no dia 15 deste mês,  autoriza a cedência de Vanderlei do cargo de Auditor Fiscal da Receita Estadual, lotado na Sefaz, para o Conisul, no período de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2020.

Porém, o decreto não fala qual cargo o ex-prefeito vai atuar no Consórcio. Ao Jornal Midiamax, Vanderlei disse que vai fazer parte do corpo técnico do Consórcio. “Vou atuar como diretor administrativo. O Conisul cresceu muito e temos duas frentes grandes”.

Ele cita o convênio com a Usina Hidrelétrica de Itaipu. Assinado em 2018, o documento garante a aquisição de maquinários para conservação do solo da bacia do rio Iguatemi e melhorias na malha viária dos 14 municípios que compõem o consórcio. “Também tem a Usina de Asfalto que a ministra Tereza Cristina conseguiu para o Conisul. Tem o convênio com o Governo do Estado e vamos estar trabalhando na readequação de estradas rurais e recuperação dos asfaltos”.

A sede do Conisul está instalada no município de Iguatemi, local de trabalho de Vanderlei Bispo. “A base é em Iguatemi, que tem a Usina Móvel de Asfalto e a patrulha mecanizada está em Naviraí. Então eu fico nas cidades acompanhando e ajudando no desenvolvimento dos trabalhos”.

O Conisul atende outras 14 cidades da região sul de Mato Grosso do Sul. São elas: Amambai, Aral Moreira, Caarapó, Coronel Sapucaia, Eldorado, Iguatemi, Itaquiraí, Japorã, Juti, Mundo Novo, Naviraí, Paranhos, Sete Quedas e Tacuru.

Japorã

Após ser condenado em primeira instância por captação ilícita de voto nas eleições de 2016, Vanderlei Bispo teve recurso negado em última instância e foi afastado do cargo junto com o vice-prefeito Gilvan Antônio Perin (PSDB) e a vereadora Daiana Vilharva (PRP). Com isso, os 5.531 eleitores do município foram às urnas em 1º de dezembro e escolheram novo prefeito, Paulo Franjotti (PL) para ocupar o cargo em mandato tampão de pouco mais de um ano.

Jornal Midiamax