Política / Transparência

Para implantar 10 leitos de UTI, Saúde aditiva contrato com Instituto Acqua em R$ 6,8 milhões

A SES (Secretaria de Estado de Saúde) aditivou o contrato com o Instituto Acqua – Ação, Cidadania, Qualidade Urbana e Ambiental, responsável pela administração do Hospital Regional Dr. José de Simone Netto de Ponta Porã, em R$ 6,8 milhões, para implantação de 10 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para pacientes com coronavírus. Conforme […]

Renata Volpe Publicado em 28/08/2020, às 08h59 - Atualizado às 09h32

Hospital Regional de Ponta Porã. (Divulgação, Governo do Estado)
Hospital Regional de Ponta Porã. (Divulgação, Governo do Estado) - Hospital Regional de Ponta Porã. (Divulgação, Governo do Estado)

A SES (Secretaria de Estado de Saúde) aditivou o contrato com o Instituto Acqua – Ação, Cidadania, Qualidade Urbana e Ambiental, responsável pela administração do Hospital Regional Dr. José de Simone Netto de Ponta Porã, em R$ 6,8 milhões, para implantação de 10 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para pacientes com coronavírus.

Conforme o contrato publicado no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (28), este é o terceiro termo aditivo da SES junto ao Instituto. 

Portanto, os leitos de UTI são para atender pacientes adultos diagnosticados com Covid-19. Também serão implantados 20 leitos de internação clínica em Hospital de Campanha (Unidade Alternativa de Assistência à Saúde), anexo ao Hospital Regional Dr. José De Simone Netto, com aporte financeiro e remanejamento 20 leitos de internação clínica da área física do Regional para o Hospital de Campanha, sem aporte financeiro. 

Assim, o valor de R$ 6.840.000,00 (seis milhões, oitocentos e quarenta mil reais) será repassado ao Instituto em um período de seis meses, segundo a publicação. 

O termo aditivo tem vigência de 180 dias, ou seja, seis meses, com efeitos a partir de 30 de julho, quando foi assinado pelo secretário de Saúde Geraldo Resende e responsável pelo Acqua, Samir Rezende Siviero. 

Contrato

Em março, foi publicado o contrato com o Instituto Acqua que vai receber R$ 269,9 milhões para gerir o Hospital Regional Dr. José de Simone Netto, por 60 meses. Ao mês, o valor é de R$ 4.499.907,64, superior 61,3% do que custava há três anos, mesmo atendendo a mesma macrorregião, que engloba oito municípios.

Jornal Midiamax